Manifesto

senta aqui

que precisamos conversar.

um papo, uma prosa, um diálogo;

coisa de amigo.

eu falo, fala,

a gente se entende.

na mesa do bar, jantar em família,

uma história pra destruir o silêncio do touch screen.

e entre tantos caracteres e disposição

we love a nossa irrelevância (des)pretensiosa.  

we love: conversas inteligentes e nem tanto.

Blog é bem old fashion. Tem rede de boomer, rede de millennial, rede de Z. Haja rede pra tanta conversa.